Wikia

SporeWiki

Criatura hiper-épica

Discussão2
568 pages em
Este wiki
Best-seller
Este artigo fala sobre rumores do Spore
Não contém informações confiáveis e é totalmente ou parcialmente baseado em relatos de usuários.
Hyper Skeleton

Esqueleto de um hiper-épico.

As criaturas hiper-épicas são criaturas com um tamanho maior do que o tamanho de uma criatura épica, provavelmente entre 2 a 3 vezes o tamanho delas. Na realidade não há nenhuma criatura hiper-épica viva confirmada, apenas grandes esqueletos em planetas de nível T avançado. Eles são uma possível referência aos dinossauros. A única possível criatura hiper-épica que (encontra-se viva é o monstro do mar.) 

Notícia de Primeira Página Esta página é ou já foi um artigo em destaque na SporeWiki!
O artigo "Criatura hiper-épica" já apareceu na página inicial da SporeWiki, o que significa que ele foi escolhido por ser um artigo de grande interesse.

 

As demais criaturas hiper-épicas não poderão ser vistas por jogadores, mesmo que você visite (estágio espacial) planetas de nível T alto eles (talvez) estaram habitados por criaturas comuns ou épicas somente se notar. Muitos gostariam de vê-las, porém, somente viram o monstro do mar que é um possível hiper épico, isso faz com que muitos pensem que os esqueletos e pegadas sejam somente parte da "decoração" do jogo. Spore é um jogo de "evolução" isso faz com que fique mais claro que possivelmente os hiper épicos existiram, mas porém,sejam de épocas bem distantes e diferentes. Muitos também dizem que os hiper épicos são somente épicos comuns de tamanhos exagerados, bem seria muito exagerado, pois um épico é praticamente do tamanho de um crânio que encontramos pelo mapa, isso faz forçar a ideia do hiper épico. Possivelmente também, os hiper épicos só habitaram os planetas em que começamos a jogar.

Restos e esqueletosEditar

Spore 2009-01-27 18-49-41

O crânio de um hiper-épico.

No Estágio Criatura é possivel encontrar vários tipos de rastros, como por exemplo, cabeças, esqueletos ou pegadas. As ossadas são muito comuns na maioria dos planetas. Elas assustam no tamanho. Normalmente, um simples osso de hiper-épicos é muito maior que qualquer criatura épica que você pode ver. O crânio de uma criatura hiper-épica impressiona pelo tamanho.E suas pegadas enormes indicam que estas seriam grandes o suficiente para esmagar uma criatura Épica na hora. Essas criaturas podem ter um dente “castor”, o que pode indicar que ela era herbívora, e não era agressiva, como a maioria dos épicos. O que é estranho é que, na maioria das vezes, é possível encontrar apenas uma pegada, sendo que o esperado seria haver várias.

Teorias Editar

800px-Hyper Footprint

Uma pegada de um hiper-épico, com tamanho de um épico comum.

Teoria #1 Editar

A teoria mais aceita é a de que um meteoro gigante pode ter atingido o planeta de origem, e provocado a extinção de todas as criaturas hiper-épicas, se assemelhando ao metero que matou os dinossauros na Terra. Com efeito, o jogo começa quando um meteorito de grandes dimensões atinge o planeta natal do jogador. Num pequeno destroço desse meteorito encontra-se a célula inicial do jogador. Pode, talvez, ser esta a causa da extinção das criaturas hiper-épicas, e a razão pelo qual o monstro marinho ainda se encontrar vivo, visto que esta habita nas profundezas dos mares. Apesar de tudo, se um jogador iniciar um jogo no Estágio Celular e salvar, o planeta em que o jogo se passa ficará gravado na galáxia como um jogo salvo. Se ele for visitado através de outro jogo salvo do Estágio Espacial, é como se então o jogador estivesse como uma criatura no mesmo planeta onde habita a célula; e fazendo isso não é possível encontrar qualquer tipo de hiper-épico.

Teoria #2 Editar

Spore 2011-03-02 16-21-29

Pegadas de um híper-épico no Estágio Espacial.

Se os hiper-épicos eram herbívoros, é possível que a poeira levantada pelo meteoro, quando entrou em impacto com o planeta, se acumulou na atmosfera, e impediu que a luz da estrela daquele sistema entrasse em contato com as plantas, fazendo com que todas as plantas não realizassem a fotossíntese. Desse modo, todas as plantas morreram, e as criaturas hiper-épicas herbívoras não tiveram o que comer, já que se alimentavam de plantas. Se haviam criaturas hiper-épicas carnívoras, pode ter ocorrido algo parecido com o que aconteceu os dinossauros terópodes da Terra. Quando os herbívoros foram mortos, os carnívoros se fartaram já que havia muita comida. Quando o alimento acabou, os carnívoros começaram a ter atos canibais e se extinguiram. Isso tudo acontece enquanto o jogador ainda está no Estágio Celular, e não atingiu a terra ainda. Logo quando sua célula chega à superfície, o planeta está recuperado, mas sem nenhuma criatura hiper-épica terrestre viva.

Teoria #3 Editar

Outra teoria, que é bastante engraçada, faz muito sentido. Se você reparar, as criaturas hiper-épicas são tão grandes, que se fossem como os Dinossauros Terópodes (com apenas duas pernas, e com o corpo levantado), suas cabeças iriam ultrapassar a atmosfera do planeta, fazendo com que elas morressem sem ter o que respirar.

Teoria #4 Editar

Uma outra teoria seria que alguma civilização espacial pode ter destruído os hiper-épicos (como por exemplo, Os Grox) pois isso poderia ter sido realmente fácil. Uma Megabomba já machuca muito um épico, então em um hiper-épico não seria muito diferente, a não ser pelo fato de que o hiper-épico tem mais vida, porém uma Bomba de Antimatéria seria fatal a ele. Se uma nave fosse colonizar um planeta, então o hiper-épico a destrói. Isso faria o império desse planeta atacar o hiper-épico com uma frota e assim o destruiria e se vingaria por sua nave destruída, só que desistem de colonizar o planeta.

Monstro do Mar Editar

965465424

Battle Fish incolor (sem cor).

Crystal Clear app xmagVer artigo principal: Monstro do Mar

O Monstro do Mar é um possível hiper-épico. Ele não foi extinto, pois ele ficou no fundo do mar e os meteoros não chegaram até ele. 

Criando um hiper-épicoEditar

É possível criar um hiper-épicas no Estágio Espacial usando o Agigantador. Basta escolher um planeta selvagem, e usar o Santuário da Vida Selvagem nele. Complete todo o ecossistema, coloque várias espécies de animais nesse planeta. Depois, use o Agigantador em várias criaturas da mesma espécie. Se você tiver sorte, e paciência, uma das criaturas dessa espécie pode aparecer no jogo muito maior que um Épico normal, da mesma espécie. Apesar de ela estar longe de ser comparado aos ossos dos planetas de origem, ela pode ser considerada um filhote de hiper-épico. Você também poderá ter que sair, voltar depois, para que o jogo gere um hiper-épico naquele planeta. Muitas vezes, isso não funciona, e é muito raro de acontecer. Mas não custa nada tentar.

Ver Também Editar

Rede da Wikia

Wiki Aleatória